You are currently browsing the monthly archive for Abril 2011.

Vencer não é só questão de lógica e sabemos que não podemos cobrar dos outros mais do que cobramos de nós mesmos. Infelizmente dias nublados acontecem e são mais corriqueiros do que gostaríamos, mas, acho que deveríamos agradecer as dificuldades. Somente nelas que sabemos o quanto somos capazes de suportar e o quão nobres podemos ser. Geralmente nos nivelamos por baixo diante dos problemas que a vida nos traz. Na minha concepção isso é um erro, um grande erro. Sem dificuldades não podemos saber o quanto somos fortes, sem desafios não sabemos quanto podemos nos superar. As pedras no caminho são importantes e fazem parte do trajeto das nossas vidas. Temos que ter coragem, lembrar dos grandes homens que nos inspiram. Saber que por mais longas que sejam as noites e a escuridão pareça não ter fim um novo dia nasce e sempre vai nascer. A luz dissipa a escuridão, o calor aquece novamente nossos corações e voltamos para nossos moinhos de vento…

Você é especial independente do digam, façam,pensem e do que sinta por você. Agora se você ainda se olha no espelho e não acredita. Não vê a beleza que eu vejo. Mesmo assim continuará sendo especial e talvez bastante míope. Comecei dizendo isso porque jamais faria arrudeios pra te dizer o óbvio que sua mente nega de uma forma que fique clara e nítida. Te conhecendo como eu, sei que certas surpresas não são bem vindas. Pois bem, olhando nos seus olhos serei direto e franco: você é uma das pessoas mais belas que conheço e ponto final. Justamente por isso quero propor um trato bem simples e sem letras miúdas. Você me promete que nunca mais olhara pra você se não for através dos meus olhos e eu prometo fazer tudo que estiver ao meu alcance pra nunca, nenhuma lágrima que escorregar pelo seu rosto toque o chão sem que eu esteja ao seu lado para enxugar cada uma delas…

Quanto tempo temos até o final da festa?Em todos os sentidos da metáfora. Não sei, você não sabe (alguém sabe só que Ele não tiraria a diversão da festa nos contando)e o que nos resta fazer é curtir a festa. Ir pro meio do salão e se esbaldar, fazer único cada minuto das horas que passou se “emperequetando” pra estar aqui. Por favor, não interprete isso como desculpa pra fazer coisas das quais se vai se arrepender na manhã seguinte, mas, como um convite para você viver sua vida em toda sua plenitude, em toda sua juventude que não acaba com o passar dos anos e sim á que se renova com a contagem do relógio do tempo. Seja a artista principal da sua vida, a estrela e seja sensível em não andar apressado demais nas ruas aponto de não conseguir ler as entrelinhas estampadas na face de seus amigos. Ande devagar, sem pressa pare no jardim para admirar a beleza da natureza, deixe-se inebriar pelo perfume da Rosa de Saron e se sentir vontade e á vontade pegue a rosa, cuidado com os espinhos da vida, leve-a quem você gosta e dê pra ela sentir o perfume também. Apesar de ser a mais bela rosa dentre todas, muita gente tem medo por causa de sua beleza, de seu amor. É quase impossível as pessoas com o coração duro reconhecer a beleza da rosa, mesmo algumas até acreditando nela, fica sendo um “El Dorado”,perdido na imaginação, mas não se engane, acredite, viva e confie. Voltando ao primeiro tema: quanto tempo temos até o final da festa? Tanto faz, ela não vai acabar nunca…

Estamos órfãos, necessitados, perdidos. Esperando que venha alguém para nos redimir das nossas imperfeições, carências, tristezas. Um novo messias, uma nova moda, estilo musical, poeta, filósofo, líder político ou sistema governamental. Que ele seja a salvação total e definitiva de nossas vidas, que ele devolva a fé que há muito roubaram de nosso coração. Deus já veio a terra e o sacrifício já foi feito, ainda assim escolhemos servir a outro. Estamos órfãos e continuaremos órfãos, pois, enquanto procuramos um novo consumismo, um novo “karma” pra justificar nossas omissões e preconceitos, nossos crimes que cometemos principalmente conosco que nos dão a incerteza do amanhã. Não quero glória, não sou digno de glória. Mas conheço alguém que é. Que se fez nascer num estábulo, que se fez humilhado e morto, envergonhado em praça pública. Ele não desejou mal a ninguém, ele não rejeitou ninguém. Não buscou seus amigos entre ricos e sábios, buscou na humildade e serviabilidade de seus corações a chave pra um mundo novo. Num mundo onde um olho era pago por outro ele falou de amor, perdão e compreensão. Em se dar pelo outro sem esperar nada além de um muito obrigado. De que o servir o nosso próximo talvez fosse mais importante do que todos os títulos e honrarias que viéssemos um dia a receber

E o pior que isso aconteceu a mais de 2000 anos e a humanidade ainda não aprendeu o significado de um simples verbo: amar.

Lembra daquela manhã? Pois é, eu também. Lembro que não dormi, quer dizer, até dormi, mas foi muito pouco. Já ia amanhecer e de manhã um paraíso estava à nossa espera. Lembra que o mar era azul como céu, cristalino, puro. Aquele momento merecia de fato ser um cartão postal. Bem que a vida poderia ser uma foto, onde as palavras são desnecessárias e o sentimento é nítido e claro para não nos enganar. Esse é o real sentido de se fotografar alguém ou algo. Não é pra fazer biquinho e poses mirabolantes para ser visualizada nas redes sociais. Isso é manipular a foto, é tirar dela toda a espontaneidade que a caracteriza. Fotografar é a habilidade de fazer da vida uma pintura, uma obra de arte, de manter intacto e puro o sentimento exatamente de como ele é ou já foi. Nossa visão faz distinções, ela foca no que considera mais importante e nisso desvia toda a nossa atenção do que realmente é a foto, porém a paisagem vista através da lente de uma câmera não faz isso, a câmera simplesmente registra toda a paisagem e guarda para que nossa visão seletiva possa lentamente desvendar tudo o que a câmera já sabia…

Calendário

Abril 2011
D S T Q Q S S
    Maio »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

Arquivos