You are currently browsing the category archive for the ‘Poesia’ category.

…Entre o meu corpo e o seu

Meu coração e o seu

Meu beijo e o seu

Seu sorriso e o meu

Meu cappuccino e teu

Sua Fala e a minha…

Meu gosto e seu

Meu prazer e o seu

Meu inferno e o seu

Seu abraço e o meu

Meu sono e teu

Sua doença e a minha

Meu Bom dia e o seu

Meu horizonte e seu

Meu cuidado e o seu

Seu cheiro e o meu

Meu carinho e teu

Sua boca e a minha

Anúncios

A Poesia está nas entrelinhas, escondida nas estrofes

Entre os pedaços de mim e você

Eu mudo, ela surda e as buzinas tão altas que doem os ouvidos

É quando quem foi escrito se lê

Num verso pedido, cheio culpa por sua inexistência necessária

Em olhares, suspiros, fotos, delírios e orgulhos

De ontem, hoje e sempre

Leia-se ao mesmo tempo que me lê

Chore meu pranto, queime meu desejo e se extinga mais uma vez

Dentro da poesia e somente então

Verdade e mentira, ontem e amanhã, o prazer e a angústia

Serão verdadeiros, serão um só. Seremos um!

Até que verso acabe, a estrofe mude

E o aventureiro coração que viaja em cometas procure seu próximo destino

 

… do teu amor, de cada gota desse oceano

Do meu reflexo nos teus olhos a “kms” de distância

Uma voz de afago e encorajadora

Um “Ap” com uma cama, fogão e geladeira.

De um mundo fora do quarto caótico

Dentro a tranquilidade de uma alma que varie entre tons de branco, verde e vermelho

Do seu sorriso pra me dar felicidade

E da sua cumplicidade nos dias que eu não merecer teu amor

De beijos sem hora marcada

Da privacidade do nosso mundo

De um alicerce na Rocha

Pensar um pouco menos

E do pedaço meu que você leva quando vai embora

Calendário

Dezembro 2017
D S T Q Q S S
« Jul    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

Arquivos